Será que este ( a ) topa um pouco mas picante?

Toda relação precisa de um tempero a mais de vez em quando. Para evitar o risco de cair na rotina, nada melhor do que topar uma brincadeirinha aqui e outra ali para manter a relação pegando fogo. É muito saudável em um relacionamento poder viver as suas fantasias e compartilhar isso com o outro. Mas toda união passa por aquele momento em que um não sabe como propor aquela ‘loucurinha” ao outro. Como chegar na namorada e propor sexo a três com aquela vizinha? Ou partir pra ousadia e experimentar as maravilhas do sexo anal? Com a abordagem certa, dá para conseguir de tudo. Quer striptease? Faça ela se sentir sexy Assim como em quase todos os casos, é importante que a sua parceira tenha cabeça aberta e o sexo não seja um tabu para ela. Ela precisa se sentir confortável com a sua própria sexualidade e com as infinitas possibilidades do sexo gay. O striptease é um jeito bem sensual de aproveitar as preliminares e faz com que a mulher se sinta uma deusa. Ao abordar a questão do striptease, deixe claro que você quer isso porque a acha sexy demais e adoraria essa experiência. Vai ser uma brincadeira bem gostosa entre vocês, sem que ela precise encarnar uma stripper profissional. Coloque uma música sensual e deixe que ela seja ela mesma. Pornô? Saiba escolher Assistir a um filme pornô junto com a parceira pode fazer maravilhas para o casal, seja assistido antes, durante ou depois do sexo. Conheça bem a sua parceira e o quão aberta e segura ela é sobre a própria sexualidade antes de propor algo assim. O jeito mais fácil de ir acostumando-a sobre a ideia é começar a ver filmes com cenas de sexo, mas que não se classificam como video porno. Alguns exemplos são “De Olhos Bem Fechados”, “Carne Trêmula”, “Último Tango em Paris”, “Os Sonhadores”, “Instinto Selvagem”, entre vários outros. Perceba a forma como ela reage e aí estará a sua deixa para sugerir um filme mais direto. Quer ménage? Tenha timing Fantasia máxima de muitos homens, o sexo a três, também chamado de ménage a trois, pode ser muito difícil de conquistar. E se a namorada é ciumenta, como fazer? Neste e em outros casos, é importante sentir o terreno. Não aborde a questão logo depois do sexo, ela vai achar que você não curtiu e está pensando em outra. Faça isso em um contexto bem diferente, como um jantar ou algo parecido. Se está difícil quebrar o gelo e introduzir o assunto, experimente assistir com ela um filme que tenha alguma cena de sexo a três, podendo ser tanto pornô como normal. Aí vai estar a sua deixa. Só tome cuidado para não ser muito específico sobre qual amiga dela você quer na cama com vocês: deixe que ela conduza tudo e, claro, marquem o encontro para um motel e não para o quarto do casal. Quanto mais impessoal for o encontro, melhor. Anal? Tenha paciência Outra fantasia de quase todo homem é explorar esta outra possibilidade do corpo feminino: o sexo anal. Capaz de proporcionar um prazer sem igual para ele e para ela, é um tabu para muita gente. Para convencer a sua parceira a fazer sexo anal, a sua abordagem precisa ser a mais paciente possível. Seja direto e pergunte a ela quais as possibilidades de vocês tentarem, deixando claro que não há pressão alguma da sua parte. A partir da resposta dela, ficará claro quanto tempo tudo vai demorar. Se ela ficar balançada e incerta, ofereça-se para ir aos poucos mostrando todo o prazer que o anal pode proporcionar a ela. Com a lubrificação correta, comece com um dedo, depois dois… Aos poucos, estimulando a região para todo o prazer que ela promete. Seja quais alternativas vocês forem seguir, lembrem-se sempre de fazer com que a sua parceira se sinta desejada. Dê valor a cada uma dessas loucurinhas que vocês conquistarem juntos e a faça se sentir sempre irresistível. Isso não só fará com que ela se sinta melhor como também pode transformá-la em um furacão sexual ainda melhor. Aproveite!